ban7
ban11
ban13
ban15
ban14
ban12
ban8

UM COMEÇO HUMILDE (1868 – 1912)

1868 O edifício de tijolo vermelho, que se tornaria depois o P.J. Clarke’s é construído na Rua 55 com a terceira Avenida em New York.

1884 Senhor Jennings converte o edifício num bar, para atender os trabalhadores e imigrantes irlandeses, que circulavam na recém-construída linha de trem Third Avenue El, para seus locais de trabalho nas fábricas de curtumes, cervejarias, e locais de construção.

1902 Patrick Joseph Clarke chega da Irlanda de barco, e é contratado como barman e garçom pelo inglês Senhor Duneen, o proprietário da época.

1912 Senhor Duneen volta à Inglaterra em busca de uma esposa e vende o bar para Patrick Joseph Clarke, que coloca seu nome na porta. O bar se torna “P.J. Clarke’s”.

Se tornando uma lenda (1912 – 1948)

1920 A proibição começa nos Estados Unidos. O P.J. Clarke’s usa sua entrada lateral na Rua 55 para aceitar clientes regulares, controlando o acesso através das suas pequenas janelas.

1940 Frank Sinatra termina suas noites na cidade sentado na mesa 20. Louis Armstrong usa a sala de trás do P.J. Clarke’s para tocar trombeta durante a madrugada.

1941 O famoso cantor Johnny Mercer escreve a música “One for My Baby” num guardanapo sentado no bar do P.J. Clarke’s. Depois, Mercer liga para o barman Tommy Joyce para pedir desculpas por não incluí-lo na música, explicando: “seu nome não rimava com o resto”.

1945 Charles R. Jackson escreve uma grande parte do livro “The Lost Weekend” no P.J. Clarke’s, que depois é adaptado para o cinema no filme estrelado por Ray Milland.

1948 Em 23 de abril de 1948, Patrick J. Clarke faleceu. A família Clarke vende o negócio para os vizinhos de cima, os Lavezzos, antiquários.

Permanecendo entre os gigantes (1948 – 2000)

1953 P.J. Clarke’s é destaque na revista LIFE no dia 3 de agosto, que retrata o verão sufocante da cidade e moradores visitando o bar.

1955 O Terceira Avenida El é derrubado juntamente com várias outras casas do bairro para abrir caminho para o boom de arranha-céus dos anos 50.

1958 O cantor Buddy Holly pede em casamento a recepcionista Maria Elena Santiago, em frente de uma multidão atordoada, poucos dias depois de conhecê-la no Peer-Southern Music. Ela aceita.

1958 Ao morder seu Bacon P.J. Clarke’s Cheeseburger, Nat King Cole o proclama “O Cadillac dos hambúrgueres!”. O hambúrguer é renomeado O Cadillac.

1960 “Eu adoro os hambúrgueres do P.J. Clarke’s. Em meus dias de beber, era a minha primeira parada do aeroporto”, diz Richard Harris, um ator irlandês, que sempre pedia seis vodkas duplas.

1963 O cachorro mascote do bar “Skippy” é atropelado por um carro e morre.

1964 Ethel Merman e Ernest Bornigne anunciam seu casamento em frente à uma multidão de clientes do P.J. Clarke’s. Eles se divorciam dois meses depois.

1967 Apesar de receber várias propostas para comprar o edifício, os Lavezzos resistem e se recusam a vender por qualquer preço. Os Lavezzos negociam um contrato de arrendamento de 99 anos, um negócio que o New York Times descreve como “Davi que prevaleceu sobre Golias”.

1969 Charlie Clarke, gerente do bar e sobrinho do Patrick, se aposenta.

1970 Jackie Kennedy traz seus filhos Jonh Jr. e Caroline para comer hambúrgueres aos sábados sentados na sua mesa preferida.

1975 Popeye pede um hambúrguer do P.J. Clarke’s numa cena do filme French Connection II.

1980 Ted Kennedy, senador democrata do Massachusetts, vai almoçar no P.J. Clarke’s depois de perder a nomeação do partido. Durante esta década, clientes frequentes e regulares incluem, também, Tony Bennett, Hedy Lamarr, Eugene O’Neill, Alice Faye, Phil Kennedy e Leroy Neiman, entre outros.

1984 P.J. Clarke´s comemora seu centenário.

1985 O jogador de beisebol Phil Kennedy diz para os membros da equipe que ele quer que suas cinzas sejam mantidas no P.J. Clarke’s. Quando ele morre, sua mulher as entrega para o restaurante onde permanecem atrás do bar até hoje.

Hoje

2002 – 2003 Philip Scotti e Arnold Penner compram o P.J. Clarke’s e fecham o restaurante por um ano de reformas. Um ano, um mês e um dia depois, o P.J. Clarke’s reabre suas portas com uma multidão esperando na frente.

2003 O lutador de boxe Jake La Motta e sua esposa aparecem na festa do septuagésimo aniversário da revista Esquire, realizada no P.J. Clarke’s no dia da reinauguração. La Motta ainda visita o restaurante onde sempre tem uma foto dos seus primeiros dias de boxe.

2003 Abertura do SIDECAR, restaurante e sala privativa no andar superior onde moravam os Lavezzos, antigos proprietários.

2005 “Stolen away on 55th & 3rd”, música escrita pela The Dave Matthews Band, trata de uma garota conhecida no P.J. Clarke’s.

2006 P.J. Clarke’s On The Hudson abre suas portas.

2007 P.J. Clarke’s Lincoln Square abre suas portas.

2008 Abertura do primeiro P.J. Clarke’s fora de Manhattan, em São Paulo – Brasil.

2010 P.J. Clarke’s DC abre a duas quadras da Casa Branca em Washington. Um ferro forjado de Walt Disney é instalado como a entrada do SIDECAR.

2012 Abertura do P.J. Clarke’s Oscar Freire, numa das ruas mais concorridas de São Paulo.

2013 Inauguração do SIDECAR, espaço exclusivo destinado para grupos e eventos, no P.J. Clarke´s Mário Ferraz.